1.
Miranda C. “Eu vi um rosto com mil semblantes”: interpretar a estatuária ptolemaica mista. Rev. Mus. Arqueol. Etnol. [Internet]. 12 de dezembro de 2019 [citado 25 de novembro de 2020];(33):3-14. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revmae/article/view/169503