O Tahuantinsuyu e o poder das huacas nas relações centro x periferia de Cusco

Autores

  • Marcia Arcuri Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2594-5939.revmaesupl.2009.113507

Palavras-chave:

Andes - Inca - Mochica - Cosmovisão - Política - Religião

Resumo

O objetivo deste ensaio é discutir as relações centro x periferia das esferas de poder político e religioso do mundo andino, a partir da compreensão das cosmovisões ameríndias e a concepção quadripartite que fundamentou a espacialização e territorialidade do Tahuantinsuyu incaico. A análise compreende uma variada gama de fontes arqueológicas, etnográficas e históricas, dando ênfase à comparação dos contextos de produção da cerâmica ritual mochica e da religião oficial que proclamava, no período de hegemonia incaica, os ideais centralizadores de Cusco

Downloads

Publicado

2009-09-10

Como Citar

Arcuri, M. (2009). O Tahuantinsuyu e o poder das huacas nas relações centro x periferia de Cusco. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia. Suplemento, (supl.8), 37-51. https://doi.org/10.11606/issn.2594-5939.revmaesupl.2009.113507

Edição

Seção

Artigos