Métodos analíticos não destrutivos para análise de obras de arte

Autores

  • Márcia de Almeida Rizzutto Universidade de São Paulo. Instituto de Física
  • Nemitala Added
  • Manfredo Harri Tabacniks
  • Jéssica Fleury Curado
  • Paulo Reginaldo Pascholati

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2594-5939.revmaesupl.2009.113520

Palavras-chave:

Análise não destrutiva - PIXE - Obras de arte - Composição elementar

Resumo

A caracterização de objetos de arte e, ou, arqueológicos, por meio de métodos de análise elementar não destrutiva com feixes iônicos busca a identificação de elementos químicos presentes nas amostras por técnicas nucleares. Os métodos físicos e químicos estão na interface entre a ciência pura e as aplicações diretas para caracterização de bens culturais e é uma área interdisciplinar que demanda uma forte interação, que cresce a cada dia, entre especialistas. Nas pesquisas internacionais o uso destes métodos físicos e químicos, em especial as técnicas atômico-nucleares não destrutivas para o estudo de objetos arqueológicos, de arte e do patrimônio cultural está estabelecido há algumas décadas, mas na América Latina a utilização destas técnicas é relativamente recente, iniciada a partir da década de 1990 [M l]. As técnicas físicas atômico-nucleares podem ser utilizadas em diferentes aplicações como, por exemplo, caracterizar as modificações introduzidas na morfologia e composição elementar pelos processos de corrosão de metais expostos aos efeitos do meio ambiente, bem como para o exame de pinturas, pois a identificação dos elementos presentes nas camadas pictóricas por estas técnicas pode dar indicação dos pigmentos utilizados nas tintas. A aplicação destas técnicas ao estudo de materiais cerâmicos permite identificar elementos traço que podem contribuir para indicar a origem do material utilizado e características dos processos de fabricação de uma obra de arte, e, ou, os elementos presentes nas tintas de uma determinada pintura

Downloads

Publicado

2009-09-10

Como Citar

Rizzutto, M. de A., Added, N., Tabacniks, M. H., Curado, J. F., & Pascholati, P. R. (2009). Métodos analíticos não destrutivos para análise de obras de arte. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia. Suplemento, (supl.8), 177-188. https://doi.org/10.11606/issn.2594-5939.revmaesupl.2009.113520

Edição

Seção

Comunicações