Crianças de Atenas: o potencial de investigação dos contextos funerários clássicos

Autores

  • Paula Falcão Argôlo Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2594-5939.revmaesupl.2011.113541

Palavras-chave:

Crianças - Contextos funerários - Atenas clássica

Resumo

Durante o período clássico, os contextos funerários áticos abrigaram um vasto conjunto de evidências materiais, visuais e escritas associadas à criança e à infância, tem as que permaneceram inexplorados pela Arqueologia até que recentes estudos arqueológicos e bioarqueológicos começassem a delimitar um a nova subespecialidade de pesquisa. Neste artigo, centrado na discussão dos enterramentos de crianças, apresentam-se considerações preliminares sobre padrões de uso do espaço e algum as cautelas metodológicas essenciais à abordagem adequada deste material

Biografia do Autor

Paula Falcão Argôlo, Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

Doutoranda em Arqueologia

Downloads

Publicado

2011-09-10

Como Citar

Argôlo, P. F. (2011). Crianças de Atenas: o potencial de investigação dos contextos funerários clássicos. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia. Suplemento, (supl.11), 95-100. https://doi.org/10.11606/issn.2594-5939.revmaesupl.2011.113541

Edição

Seção

Comunicações