Processos de interação entre os sítios Lago Grande e Oswaldo (AM) baseados no material cerâmico

Autores

  • Guilherme Zdonek Mongeló Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2594-5939.revmaesupl.2011.113543

Palavras-chave:

Amazônia - Cerâmica - Interação

Resumo

Propõe-se, neste artigo, uma análise dos processos de interação entre os sítios arqueológicos Lago Grande e Oswaldo, localizados no município de Iranduba, estado do Amazonas. A problemática apresentada é o fato de que foi encontrado, em pequena porcentagem, material cerâmico de fase distinta às preponderantes em ambos os sítios. A hipótese que se procurou testar é se as esferas de interação, comuns no contexto amazônico, podem explicar a presença de outra fase cerâmica em um sítio que é, aparentem ente, unicomponencial

Biografia do Autor

Guilherme Zdonek Mongeló, Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

Bacharel em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia da USE Iniciação Científica 2009-2011.

Downloads

Publicado

2011-09-10

Como Citar

Mongeló, G. Z. (2011). Processos de interação entre os sítios Lago Grande e Oswaldo (AM) baseados no material cerâmico. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia. Suplemento, (supl.11), 109-114. https://doi.org/10.11606/issn.2594-5939.revmaesupl.2011.113543

Edição

Seção

Comunicações