Reflexões acerca das relações artísticas entre produtores de vasos áticos (510 - 475 a.C.)

Autores

  • Carolina Kesser Barcellos Dias Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2594-5939.revmaesupl.2011.113547

Palavras-chave:

Cerâmica ática - Figuras negras - Atribuição - Relações artísticas

Resumo

Nesta comunicação, pretende-se discutir o uso da metodologia de atribuição desenvolvida por John D. Beazley em uma perspectiva mais ampla: além do reconhecimento de artistas, com o este método pode ser em pregado para a observação das conexões, associações e contribuições entre os indivíduos produtores de vasos áticos no período arcaico (510 a 475 a.C .)? Pretende-se abordar, sobretudo, duas linhas que têm sido pouco desenvolvidas nos estudos atuais sobre a cerâmica ática desse período: a análise das oficinas e as associações entre os artistas.

Biografia do Autor

Carolina Kesser Barcellos Dias, Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

Pós-Doutoranda em Arqueologia, bolsista FAPESP

Downloads

Publicado

2011-09-10

Como Citar

Dias, C. K. B. (2011). Reflexões acerca das relações artísticas entre produtores de vasos áticos (510 - 475 a.C.). Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia. Suplemento, (supl.11), 133-137. https://doi.org/10.11606/issn.2594-5939.revmaesupl.2011.113547

Edição

Seção

Comunicações