A atribuição do Santuário de Casa Marafioti a Zeus Olímpio em Lócris Epizefiri: um exercício de interpretação

Autores

  • Lilian de Angelo Laky Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2594-5939.revmaesupl.2011.113550

Palavras-chave:

Lócris Epizefiri - Zeus Olímpio - Olimpiéion

Resumo

Neste artigo apresentaremos os caminhos interpretativos que nos levaram à atribuição do santuário de Casa Marafioti a Zeus Olímpio na antiga pólis de Lócris, localizada na atual região italiana da Calábria. Na bibliografia sobre a cidade permanecem dúvidas sobre o pertencimento da área sagrada e de seu templo dórico a Zeus em razão da ausência de testemunhos que identifiquem a divindade cultuada no santuário e do desconhecimento da função de um muro de época grega que separa o santuário dos arquivos de Zeus Olímpio. Diante de evidências problemáticas do espaço sagrado queremos mostrar como o templo dórico e o contexto edilício dessa pólis forneceram elementos alternativos e importantes para a elucidação do culto da maior divindade dos gregos em Lócris Epizefiri

Biografia do Autor

Lilian de Angelo Laky, Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

doutoranda em arqueologia

Downloads

Publicado

2011-09-10

Como Citar

Laky, L. de A. (2011). A atribuição do Santuário de Casa Marafioti a Zeus Olímpio em Lócris Epizefiri: um exercício de interpretação. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia. Suplemento, (supl.11), 151-158. https://doi.org/10.11606/issn.2594-5939.revmaesupl.2011.113550

Edição

Seção

Comunicações