Rio de Janeiro 2016: a cidade em movimento

Autores

  • Gilmar Mascarenhas Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Instituto de Geografia. Programa de Pós-Graduação em Geografia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i108p49-56

Palavras-chave:

Jogos Olímpicos de 2016, Rio de Janeiro, planejamento urbano.

Resumo

Para sediar os Jogos Olímpicos de 2016, a cidade do Rio de Janeiro tem vivido um período de transformações materiais e simbólicas sem paralelo em seus 450 anos de história. Neste artigo, tentamos oferecer um panorama essencial do conjunto das transformações urbanas e argumentar sobre como tais intervenções correspondem a um modo de gestão urbana, que David Harvey (1996) identificou e sugeriu chamar de “empreendedorismo urbano”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gilmar Mascarenhas, Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Instituto de Geografia. Programa de Pós-Graduação em Geografia

GILMAR MASCARENHAS é professor associado do Instituto de Geografia da UERJ, líder do grupo de pesquisa Megaeventos Esportivos e Cidades, membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPGEO) da UERJ e pesquisador do CNPq.

Downloads

Publicado

2016-03-28

Como Citar

Mascarenhas, G. (2016). Rio de Janeiro 2016: a cidade em movimento. Revista USP, (108), 49-56. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i108p49-56

Edição

Seção

Dossiê Jogos Olímpicos