Nota sobre o disco Encarnado, de Juçara Marçal (2014)

Autores

  • Walter Garcia Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i111p59-68

Palavras-chave:

canção popular brasileira, Juçara Marçal, Kiko Dinucci, Rodrigo Campos, sociedade brasileira contemporânea

Resumo

O artigo tem por objetivo analisar e interpretar a sonoridade de Encarnado, disco lançado por Juçara Marçal em 2014. Na primeira parte, as relações entre timbres, ritmos, alturas e intensidades das notas são analisadas. Além disso, em perspec tiva interdisciplinar, informações sobre o processo de criação do disco são sistematizadas. Na segunda parte, os materiais sonoros e literários que constituem alguns dos fonogramas, bem como os modos como esses materiais se articulam, são interpretados à luz de impasses atuais da sociedade brasileira

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Walter Garcia, Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros

é professor do Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo

Downloads

Publicado

2016-12-16

Como Citar

Garcia, W. (2016). Nota sobre o disco Encarnado, de Juçara Marçal (2014). Revista USP, (111), 59-68. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i111p59-68

Edição

Seção

Dossiê música popular brasileira na usp