Cor, etnicidade e formação de classe no porto do Rio de Janeiro: a Sociedade de Resistência dos Trabalhadores em Trapiche e Café e o conflito de 1908

Autores

  • Maria Cecília Velasco e Cruz Universidade Federal da Bahia; Departamento de Ciência Política; Programa de Pós-Graduação em História

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i68p188-209

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-02-01

Como Citar

Cruz, M. C. V. e. (2006). Cor, etnicidade e formação de classe no porto do Rio de Janeiro: a Sociedade de Resistência dos Trabalhadores em Trapiche e Café e o conflito de 1908 . Revista USP, (68), 188-209. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i68p188-209

Edição

Seção

Racismo I