Esquerda, direita e o politicamente correto: breve estudo comparado

Autores

  • João Feres Júnior Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Instituto de Estudos Sociais e Políticos

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i115p51-66

Palavras-chave:

politicamente correto, direita, PT.

Resumo

A partir de uma análise de estrutura semântica do conceito de “politicamente correto” no contexto de sua criação e desenvolvimento nos Estados Unidos, comparado à breve história do conceito no Brasil, identifico os principais significados associados a ele e as principais forças políticas que dele fizeram uso. Dois momentos do debate sobre o politicamente correto em nosso país foram escolhidos para análise: o debate sobre o affair Caçadas de Pedrinho, do começo da presente década, e as páginas das redes sociais sobre o tema do politicamente correto no presente. Tento mostrar que há um forte paralelo entre o desenvolvimento do conceito nos EUA e no Brasil e que, em nosso país, há uma continuidade entre os dois momentos estudados que se assenta na definição do politicamente correto como imposição autoritária da ideologia esquerdista do PT.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • João Feres Júnior, Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Instituto de Estudos Sociais e Políticos
    é professor de Ciência Política do Iesp-UERJ, coordenador do Grupo de Estudos Multidisciplinares da Ação Afirmativa (Gemaa) e do Laboratório de Estudos da Mídia e Esfera Pública (Lemep).

Downloads

Publicado

2017-12-09

Edição

Seção

Dossiê politicamente correto

Como Citar

FERES JÚNIOR, João. Esquerda, direita e o politicamente correto: breve estudo comparado. Revista USP, São Paulo, Brasil, n. 115, p. 51–66, 2017. DOI: 10.11606/issn.2316-9036.v0i115p51-66. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/144203.. Acesso em: 22 maio. 2024.