A Importância do registro de câncer no planejamento em saúde

Autores

  • Maria do Rosario Dias de Oliveira Latorre Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
  • Ana Beatriz Machado de Almeida Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
  • Beatriz Bertuzzo Möller Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
  • Tarsila Guimarães Vieira da Silva Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
  • Tatiana Natasha Toporcov Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.i128p27-44

Palavras-chave:

Registros de câncer, Vigilância epidemiológica, Planejamento e gestão

Resumo

Os Registros de Câncer de Base Populacional (RCBP) são sistemas de informação em câncer que coletam dados sobre todos os casos novos de câncer de uma área geográfica definida, através de um processo contínuo e sistemático de coleta. São úteis para a vigilância epidemiológica, no acompanhamento de grupos ocupacionais específicos ou coortes de indivíduos expostos a agentes cancerígenos e para o planejamento de políticas públicas e avaliação de serviços de saúde. Neste texto, utilizaramse dados do Registro de Câncer de Base Populacional de São Paulo para exemplificar algumas informações úteis para o planejamento e gestão no município de São Paulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria do Rosario Dias de Oliveira Latorre, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública

Professora do Departamento de Epidemiologia da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP

Ana Beatriz Machado de Almeida, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da FSP/USP

Beatriz Bertuzzo Möller, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da FSP/USP

Tarsila Guimarães Vieira da Silva, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da FSP/USP

Tatiana Natasha Toporcov, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública

Professora do Departamento de Epidemiologia da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP

Referências

BERRINO, F. et al. “Interpreting survival differences and trends”. Tumori, 83,1997, pp. 9-16.

BRASIL. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Política nacional de atenção integral à saúde da mulher: princípios e diretrizes. Brasília, Ministério da Saúde, 2004.

BRASIL. Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Controle dos cânceres do colo do útero e da mama. Brasília, Ministério da Saúde, 2006.

BRAY, F. et al. (eds.). Cancer Incidence in Five Continents, vol. XI. IARC Scientific Publication, no. 166. Lyon, International Agency for Research on Cancer, 2021. Available from: https://publications.iarc.fr/597. Licence: CC BY-NC-ND 3.0 IGO.

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER José Alencar Gomes da Silva. Magnitude do câncer no Brasil: incidência, mortalidade e tendências. Rio de Janeiro, Inca, 2020a.

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER José Alencar Gomes da Silva. Perfil da assistência oncológica no Brasil entre 2012 e 2016. Rio de Janeiro, Inca, 2020b.

JENSEN. O. M.; Storm H. H. “Purposes and uses of cancer registration”, in O. M. Jensen et al. Cancer Registration: Principles and Methods, n. 95. Lyon, 1991, pp. 7-21.

MIRRA, A. P.; LATORRE, M. R. D. O.; VENEZIANO, D. B. Incidência de câncer no município de São Paulo, Brasil: 1997-1998 e mortalidade por câncer no município de São Paulo, Brasil: tendência no período de 1969 a 1998. São Paulo, Registro de Câncer de São Paulo, 2001.

PARKIN D. M. et al. World Health Organization. International Agency for Research on Cancer and International Association of Cancer Registries. Cancer Incidence in Five Continents. Lyon, Iarc, 1997, v. 8 (IARC Scientific Publications, 155).

PARKIN, D. M.; SANGHVI, L. D. “Cancer registration in developing countries”, in O. M. Jensen et al. Cancer Registration: Principles and Methods, n. 95. Lyon, 1991, pp. 185-98.

WAGNER, G. “History of cancer registration”, in O. M. Jensen et al. Cancer Registration: Principles and Methods, n. 95. Lyon, 1991, pp. 3-6.

YOUNG J. L. “The hospital-based cancer registry”, in O. M. Jensen et al. Cancer

Registration: Principles and Methods, n. 95. Lyon, 1991, pp. 177-84.

Downloads

Publicado

2021-09-02

Como Citar

Latorre, M. do R. D. de O. ., Almeida, A. B. M. de ., Möller, B. B., Silva, T. G. V. da, & Toporcov, T. N. (2021). A Importância do registro de câncer no planejamento em saúde. Revista USP, 1(128), 27-44. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.i128p27-44

Edição

Seção

Dossiê saúde pública