IMAGENS DE PITORESCA CONFUSÃO: A CIDADE COLONIAL NA AMÉRICA PORTUGUESA

Autores

  • Amilcar Torrão Filho Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i57p50-67

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amilcar Torrão Filho, Universidade Estadual de Campinas

Mestrando em História na Universidade Estadual de Campinas, onde realiza pesquisa sobre o urbanismo em São Paulo colonial.

Referências

ARANOVICH, Carmen. “Notas sobre la Urbanización Colonial en la América Portuguesa”, in Francisco de Solano (coord.). Estudios sobre la Ciudad Iberoamericana. 2a ed. ampl. Madrid, CSIC, Instituto “Gonzalo Fernández de Oviedo”, 1983, pp. 383-98.

ARGAN, Giulio Carlo. História da Arte como História da Cidade. Trad. port. Pier Luigi Cabra. São Paulo, Martins Fontes, 1993.

ARAÚJO, Emanuel. O Teatro dos Vícios. Transgressão e Transigência na Sociedade Urbana Colonial. 2a ed. Rio de Janeiro, José Olympio/UnB, 1997.

AZEVEDO, Aroldo de. “Vilas e Cidades no Brasil Colonial. Ensaio de Geografia Urbana Retrospectiva”, in Boletim n. 208 da FFCL da USP, Geografia, n. 11. São Paulo, 1956.

________. “São Paulo, da Vila Quinhentista à Metrópole Regional”, in Boletim Paulista de Geografia, n. 39, 1961, pp. 12-46.

BICALHO, Maria Fernanda B. “O Urbanismo Colonial e os Símbolos de Poder: o Exemplo do Rio de Janeiro nos Séculos XVII e XVIII”, in Estudos Ibero-Americanos, v. XXIV(1), Porto Alegre, PUCRS, jun./1998, pp. 31-57.

BISHOP, Elizabeth. Uma Arte: as Cartas de Elizabeth Bishop. Trad. de Paulo Henriques de Brito. São Paulo, Companhia das Letras, 1995.

BRESCIANI, Maria Stella. “Imagens de São Paulo: Estética e Cidadania”, in Antônio Celso Ferreira, Tânia Regina de Luca, Zilda Grícoli Iokoi (orgs.). Encontros com a História: Percursos Historiográficos e Históricos de São Paulo. São Paulo, Unesp, Fapesp, ANPUH, 1999, pp. 11-45.

________. “Permanência e Ruptura no Estudo das Cidades”, in Ana Fernandes, Marco Aurélio A. de Filgueiras Gomes (orgs.). Cidade e História. Modernização das Cidades Brasileiras nos Séculos XIX e XX. Salvador, UFBA/FAU/Anpur, 1992, pp. 11-26.

________. “As Sete Portas da Cidade”, in Espaço & Debates, 34, São Paulo, Neru, 1991, pp. 10-5.

DECCA, Edgar de. “Raízes do Brasil, um Ensaio das Formas Históricas”, in Edgar de Decca, Rita Lemaire (orgs.). Pelas Margens: Outros Caminhos da História da Literatura. Campinas, Unicamp, 2000.

________. “Decifra-me ou Devoro-te: as Metáforas em Raízes do Brasil”, in Rivista di Studi Portoghesi e Brasiliani, 2, Roma, 2000.

DEL BRENNA, Giovanna Rosso. “Medieval ou Barroco? Proposta de Leitura do Espaço Urbano Colonial”, in Barroco, 12, Belo Horizonte, 1982-1983, pp. 141-5.

________. “La Città Coloniale Portoghese. Rio de Janeiro tra il XVI e il XVIII Secolo”, in VV.AA. Estúdios Sobre Urbanismo Iberoamericano. Siglos XVI al XVIII. Sevilla, Junta de Andalucía, Consejería de Cultura, Asesoría Quinto Centenário, 1988, pp. 448-59.

DELSON, Roberta Marx. New Towns for Colonial Brazil, Spacial and Social Planning of the Eighteenth Century. Ann Arbor, Syracuse University, University Microfilms International, 1979.

EWBANK, Thomas. A Vida no Brasil; ou, Diário de uma Visita à Terra do Cacaueiro e das Palmeiras. Trad. port. Jamil Almansur Haddad. Belo Horizonte/São Paulo, Itatiaia/Edusp, 1976.

GLEZER, Raquel. “Chão de Terra”: um Estudo sobre São Paulo Colonial. Tese de Livre-Docência apresentada ao Dep. de História, Universidade de São Paulo. São Paulo,1992

GRAHAM, Maria. Diário de uma Viagem ao Brasil, e de uma Estada nesse País Durante Parte dos Anos de 1821, 1822 e 1823. Trad. e notas de Américo Jacobina Lacombe. São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1956.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. 20a ed. Rio de Janeiro, José Olympio, 1988.

KING, Anthony D. “Colonial Cities: Global Pivots of Change”, in Robert J. Ross, Gerard J. Telkamp (eds.). Colonial Cities. Dordrecht, Martinus Nijhoff, 1985, pp. 7-32.

LINDLEY, Thomas. Narrativa de uma Viagem ao Brasil. Trad. de Thomaz Newlands Neto. São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1969.

LUCCOCK, John. Notas sobre o Rio-de-Janeiro e Partes Meridionais do Brasil Tomadas Durante uma Estada de Dez Anos nesse País, de 1808 a 1818. Trad. de Milton da Silva Rodrigues. São Paulo, Martins, 1942. MARINS, Paulo César Garcez. Através da Rótula. Sociedade e Arquitetura Urbana no Brasil, Séculos XVII a XX. São Paulo, Humanitas/FFLCH/USP, 2001.

MARX, Murillo. Nosso Chão: do Sagrado ao Profano. São Paulo, Edusp, 1988.

________. Cidade no Brasil: Terra de Quem? São Paulo, Nobel/Edusp, 1991.

________. “Olhando por Cima e de Frente”, in Revista USP, no 30, São Paulo, CCS-USP, jun.-ago./1996, pp. 170-81.

MENESES, Ulpiano T. Bezerra de. “Morfologia das Cidades Brasileiras. Introdução ao Estudo Histórico da Iconografia Urbana”, in Revista USP, 30, São Paulo, CCS-USP, jun.-agos./1996, pp. 144-55.

MONTÓIA, Ana Edite Ribeiro. Cidade e Política: São Paulo no Século XIX. Dissertação de mestrado em História apresentada ao IFCH, Unicamp. Campinas, 1990.

OMEGNA, Nelson. A Cidade Colonial. 2a ed. Brasília, Ebrasa/INL, 1971.

PECHMAN, Robert Moses. Cidades Estreitamente Vigiadas: o Detetive e o Urbanista. Rio de Janeiro, Casa da Palavra, 2002.

REIS FILHO, Nestor Goulart. Contribuição ao Estudo da Evolução Urbana do Brasil (1500 – 1720). São Paulo, Pioneira/Edusp, 1968.

________. Imagens de Vilas e Cidades do Brasil Colonial. São Paulo, Edusp/Imprensa Oficial do Estado/Fapesp, 2000.

RONCAYOLO. Marcel. “Cidade”, in Ruggiero Romano (dir.). Enciclopédia Einaudi, v. 8: Região. Trad. port. Irene Gil. Lisboa, Imprensa Nacional/Casa da Moeda, 1986, pp. 396-487.

ROSS, Robert J., TELKAMP, Gerard J. “Introduction”, in Robert J. Ross, Gerard J. Telkamp (eds.). Colonial Cities. Dordrecht, Martinus Nijhoff, 1985, pp. 1-6.

RUGENDAS, João Maurício. Viagem Pitoresca Através do Brasil. Trad. de Sérgio Milliet. 8a ed. Belo Horizonte/São Paulo, Itatiaia/Edusp, 1979.

SAINT-HILAIRE, Auguste de. Viagem à Província de São Paulo. Trad. de Regina Régis Junqueira. Belo Horizonte/São Paulo, Itatiaia/Edusp, 1976.

________. Viagem às Nascentes do Rio São Francisco e pela Província de Goiás. Trad. de Clado Ribeiro de Lessa. São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1944.

SANTOS, Paulo F. Formação de Cidades no Brasil Colonial. Rio de Janeiro, UFRJ, 2001.

SEED, Patricia. Cerimônias de Posse na Conquista Européia do Novo Mundo. (1492-1640). Trad. de Lenita R. Esteves. São Paulo, Unesp, 1999.

SILVA, Janice Theodoro da. São Paulo 1554-1880: Discurso Ideológico e Organização Espacial.São Paulo, Moderna, 1984.

SMITH, Robert C. “Colonial Towns of Spanish and Portuguese America”, in Journal of the Society of Architectural Historians, XIV (4), Philadelphia, dec./1955, pp. 3-12.

________. “Urbanismo Colonial no Brasil”, in Bem Estar. Urbanismo, Habitação. Ano 1(1). São Paulo, fev.-mar./1958, pp. 14-22.

SPIX, Johan Baptist von; MARTIUS, Carl Friedrich Philipp von. Viagem pelo Brasil. 1817-1820. Trad. de Lúcia Furquim Lahmeyer, rev. por B. F. Ramiz Galvão e Basílio de Magalhães. 3a ed. rev. São Paulo/Brasília, Melhoramentos/INL, 1976.

SÜSSEKIND, Flora. O Brasil Não É Longe Daqui. O Narrador, a Viagem. São Paulo, Companhia das Letras, 1990.

Downloads

Publicado

2003-05-30

Como Citar

Torrão Filho, A. (2003). IMAGENS DE PITORESCA CONFUSÃO: A CIDADE COLONIAL NA AMÉRICA PORTUGUESA. Revista USP, (57), 50-67. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i57p50-67

Edição

Seção

Dossiê