O FUTURO DA ENERGIA NUCLEAR

Autores

  • José Goldemberg Universidade de São Paulo - USP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i91p6-15

Palavras-chave:

energia nuclear, sustentabilidade, Brasil.

Resumo

O presente artigo discute o fenômeno da estagnação da energia nuclear no mundo. As causas são múltiplas e complexas, desde resistências sociais a elevados custos econômicos, passando pelos riscos ambientais ainda não equacionados, como mostrou o recente caso de Fukushima-Daiichi no Japão. As tentativas de promover a energia nuclear minimizando seus impactos se baseiam em argumentos aqui discutidos: baixa probabilidade de ocorrência, poucas mortes sob o aspecto estatístico, possibilidade de melhorias tecnológicas e de gerenciamento de resíduos e aspectos de governança. Em seguida, discute-se o papel da energia nuclear no Brasil à luz dos planos nacionais de energia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Goldemberg, Universidade de São Paulo - USP

Físico, ex-reitor da Universidade de São Paulo e autor de, entre outros, Energia para o Desenvolvimento (T. A. Queiroz).

Downloads

Publicado

2011-11-30

Como Citar

Goldemberg, J. (2011). O FUTURO DA ENERGIA NUCLEAR. Revista USP, (91), 6-15. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i91p6-15

Edição

Seção

Dossiê