TERREMOTOS E TSUNAMIS NO JAPÃO

Autores

  • FÁBIO RAMOS DIAS DE ANDRADE Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo - USP.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i91p16-29

Palavras-chave:

terremotos, tsunamis, Japão.

Resumo

O Japão é um dos principais focos de tsunamis do mundo. O episódio de março de 2011 foi assistido no mundo inteiro praticamente em tempo real com imagens de alta resolução, tornando-se uma amostra nítida do poder de destruição desse tipo de catástrofe natural. O terremoto que desencadeou o tsunami ocorreu no fundo oceânico, próximo à Baía de Sendai. Esse foi o abalo sísmico mais forte já registrado no Japão e está entre os maiores já registrados no mundo. Neste artigo, discutimos a formação de ondas de tsunami por terremotos, os assim chamados tsunamis sismogênicos. Veremos que há outras causas possíveis para tsunamis e que nem todos os terremotos em fundo oceânico são capazes de produzir ondas desse tipo. A forma e a velocidade de propagação das ondas de tsunami são diferentes das ondas de rebentação comuns. Por fim, é feito um comentário sobre as áreas de risco a partir de uma comparação dos tsunamis no tempo histórico e no tempo geológico. Como fenômenos dessa magnitude são raros no registro histórico, é necessário buscar evidências de tsunamis no registro geológico, no qual o tempo é medido em milhões
ou centenas de milhões de anos, para termos uma avaliação mais robusta das possibilidades de incidência de grandes tsunamis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

FÁBIO RAMOS DIAS DE ANDRADE, Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo - USP.

Professor do Departamento de Mineralogia e Geotectônica do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo - USP.

Downloads

Publicado

2011-11-30

Como Citar

ANDRADE, F. R. D. D. (2011). TERREMOTOS E TSUNAMIS NO JAPÃO. Revista USP, (91), 16-29. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i91p16-29

Edição

Seção

Dossiê