RISCO SÍSMICO E USINAS NUCLEARES

Autores

  • MARCIA ERNESTO Instituto de Astronomia e Geofísica da Universidade de São Paulo IAG-USP.
  • FERNANDO BRENHA-RIBEIRO Instituto de Astronomia e Geofísica da Universidade de São Paulo IAG-USP.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i91p64-75

Palavras-chave:

risco sísmico, terremotos, tsunamis, vulcões, usinas nucleares

Resumo

O território brasileiro encontra-se em posição privilegiada em relação a eventos catastróficos relacionados a terremotos, vulcões ou tsunamis. A atividade sísmica registrada, em geral, não passa da classificação de sismos que não causam danos significativos. Não temos vulcões ativos e, considerando-se as situações previsíveis, eventuais tsunamis
que viessem a atingir nossa costa chegariam atenuados, com ondas de baixa amplitude. As usinas nucleares de Angra dos Reis estão localizadas numa província tectônica onde os principais sismos de que se tem registro não excederam a magnitude estimada de 5,1, o que vem a ser uma atividade muito moderada e não traz ameaças ao tipo de construção
das usinas. Tsunamis podem ser ocasionados principalmente, por grandes terremotos em regiões oceânicas, ou colapsos de paredes de caldeiras de vulcões localizados em ilhas. A costa brasileira não tem em
suas proximidades ameaças desse tipo. De qualquer forma, as usinas nucleares de Angra dos Reis têm proteção contra movimentos do mar que gerem ondas de até quatro metros de altura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

MARCIA ERNESTO, Instituto de Astronomia e Geofísica da Universidade de São Paulo IAG-USP.

Professora do Departamento de Geofísica do Instituto de Astronomia e  Geofísica da Universidade de São Paulo IAG-USP.

FERNANDO BRENHA-RIBEIRO, Instituto de Astronomia e Geofísica da Universidade de São Paulo IAG-USP.

Professor do Departamento de Geofísica do Instituto de Astronomia e  Geofísica da Universidade de São Paulo IAG-USP.

Downloads

Publicado

2011-11-30

Como Citar

ERNESTO, M., & BRENHA-RIBEIRO, F. (2011). RISCO SÍSMICO E USINAS NUCLEARES. Revista USP, (91), 64-75. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i91p64-75

Edição

Seção

Dossiê