TUDO AZUL NO UNIVERSO DAS REDES

Autores

  • VINICIUS ROMANINI Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i92p58-73

Palavras-chave:

ontologia, semiose, informação de Fisher, epistemologia da comunicação, democracia.

Resumo

As redes sociais que se auto-organizam pela rede mundial de computadores transformam radicalmente a maneira em que a comunicação social acontece, impactando de forma decisiva nas mudanças políticas e sociais em curso no mundo todo. A abrangência e complexidade desse fenômeno indicam a necessidade de uma nova epistemologia da comunicação, de um conceito de informação que vá além da teoria matemática clássica avançada por Claude Shannon e de uma concepção de comunicação fundamentada na ideia de semiose, ou ação do signo, que ultrapasse os limites do simbólico para compreender também formas comunicativas icônicas e indiciais, em que as relações de afetividade e as pulsões emocionais são dominantes. Caminhamos para um mundo percebido em contração acelerada, abrasivo e volátil, o que contesta a opinião de que as redes sociais potencializam a democracia ao promover a transparência e participação. Ao contrário, elas são um desafio às formas de organização tradicionais da nossa civilização.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • VINICIUS ROMANINI, Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

    Professor do Departamento de Comunicações e Artes da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo ECA-USP.

Downloads

Publicado

2012-02-28

Edição

Seção

Dossiê

Como Citar

ROMANINI, VINICIUS. TUDO AZUL NO UNIVERSO DAS REDES. Revista USP, São Paulo, Brasil, n. 92, p. 58–73, 2012. DOI: 10.11606/issn.2316-9036.v0i92p58-73. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/34884.. Acesso em: 18 maio. 2024.