A sustentabilidade e a economia verde como desafios tecnológicos

Autores

  • Rodrigo Rodrigues da Fonseca Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i93p127-136

Palavras-chave:

tecnologia, sustentabilidade, desenvolvimento, democracia.

Resumo

O artigo propõe reposicionar o debate ao abordar sustentabilidade como um desafio tecnológico. Para isso destaca a interconexão inerente entre a produção da tecnologia e a produção da sociedade, constatando a necessidade de políticas que possibilitem regimes de transição entre sistemas tecnológicos. Desse ponto parte o debate sobre o desafio específico brasileiro de encontrar uma matriz sustentável de desenvolvimento com redução das desigualdades sociais.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Rodrigo Rodrigues da Fonseca, Universidade Estadual de Campinas

    Doutor em Política Científica e Tecnológica pela Unicamp e analista da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

Referências

BIJKER, W.; PINCH, T. “The Social Construction of Technological Systems: New Directions in the Sociology and History of Technology”, in New Directions in the Sociology and History of Technology. London, MIT Press, 1987.

BOUND, K. Brazil: The Natural Knowledge Economy, the Atlas of Ideas. Londres, Demos, 2008.

CGEE. 4a Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável. Brasília, 2010a.

. Consolidação das Recomendações da 4a Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável. Brasília, 2010b.

CUNHA, F. Análise de Desempenho dos Investimentos Sustentáveis no Mercado Acionário Brasileiro: um Estudo sobre o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). Dissertação de mestrado. Rio de Janeiro, Departamento de Engenharia Industrial, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, 2011.

DENEGRI, J.; LEMOS, M. (orgs.). O Núcleo Tecnológico da Indústria Brasileira. Brasília, Ipea-ABDI-Finep, 2011.

MCTI. Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (ENCTI). Brasília, 2012.

METCALFE, J. Stanley. “Equilibrium and Evolutionary Foundations of Competition and Technology Policy: New Perspectives on the Division of Labor and the Innovation Process”, in Revista Brasileira de Inovação, volume 2, número 1. Rio de Janeiro,

janeiro-junho, 2003.

NOBLE, David. America by Design: Science, Technology and the Rise of Corporate Capitalism. New York, Oxford University Press, 1977.

PINCH, T.; BIJKER, W. E. “The Social Construction of Facts and Artifacts: or How the Sociology of Science and Sociology of Technology Might Benefit Each Oder”, in W. Bijker et al. The Social Construction of Technological Systems. Cambridge, MIT Press, 1987.

THOMAS, H. “Estructuras Cerradas vs. Procesos Dinámicos: Trayectorias y Estilos de Innovación Y Cambio Tecnológico”, in H. A. Buch et al. Actos, Actores y Artefactos. Bernal, Universidad Nacional de Quilmes Editorial, 2007.

VEIGA, J. Mundo em Transe – do Aquecimento Global ao Ecodesenvolvimento. São Paulo, Armazém do Ipê, 2009.

WINNER, L. “Upon Opening the Black Box and Finding it Empty: Social Constructivism and the Philosophy of Technology”, in Science, Technology, & Human Values, 18, 1993, pp. 362-78.

Downloads

Publicado

2012-05-30

Como Citar

FONSECA, Rodrigo Rodrigues da. A sustentabilidade e a economia verde como desafios tecnológicos. Revista USP, São Paulo, Brasil, n. 93, p. 127–136, 2012. DOI: 10.11606/issn.2316-9036.v0i93p127-136. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/45007.. Acesso em: 29 maio. 2024.