Música na Semana de 22: tradição e ruptura na cidade de São Paulo

Autores

  • Edson Leite Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i94p59-70

Palavras-chave:

música, Semana de Arte Moderna, modernismo no Brasil.

Resumo

O objetivo deste trabalho é, através de uma revisão bibliográfi ca e documental, apresentar um relato sobre a tradição musical paulista e a ruptura provocada pela Semana de Arte Moderna de 1922, que conduziu a cidade de São Paulo e o Brasil a um importante avanço cultural, contribuindo para o entendimento crítico da estética artística brasileira, especialmente de São Paulo, a partir desse marco de tradições e rupturas rumo a um novo modernismo que partia do folclore, da música nacionalista, étnica e social estabelecendo uma identidade nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edson Leite, Universidade de São Paulo

Professor titular e vice-diretor da Escola de Artes,  Ciências e Humanidades (EACH-USP) e diretor da Orquestra Sinfônica da USP.

Referências

AMARAL, Aracy. Artes Plásticas na Semana de 22. São Paulo, Perspectiva, 1970.

ANDRADE, Mário de. Aspectos da Música Brasileira. São Paulo, Martins, 1965.

BRADBURY, Malcolm; MCFARLANE, James (orgs.). Modernismo: Guia Geral 1890-1930. São Paulo, Companhia das Letras, 1989.

DEL PRIORI, Mary (org.). História das Mulheres no Brasil. 5a ed. São Paulo, Contexto, 2001.

DIAS, Maria Odila Leite da Silva. “Prefácio: Hermenêutica e Narrativa”, in Nicolau Sevcenko. Orfeu Extático na Metrópole: São Paulo Sociedade e Cultura nos Frementes Anos 20. São Paulo, Companhia das Letras, 1992.

D’INCAO, Maria Ângela. “Mulher e Família Burguesa”, in Mary Del Priore (org.). História das Mulheres no Brasil. 5a

ed. São Paulo, Contexto, 2001.

FREITAG, Lea Vincour. Momentos de Música Brasileira. São Paulo, Nobel/Clock, 1985.

FREITAS, Bezerra de. Formas e Expressão do Romance Brasileiro. Rio de Janeiro, Irmãos Pongetti, 1947.

LEITE, Edson. Magdalena Tagliaferro: Testemunha de Seu Tempo. São Paulo, Annablume/Fapesp, 2001.

. Antonietta, Guiomar e Magdalena:Pianistas no Brasil. São Paulo, Acquerello, 2011.

NOVAES, Guiomar. “Carta Aberta ao Comitê Patrocinador da Semana de Arte Moderna”, in O Estado de S. Paulo. São Paulo, 15/fev./1922.

ORSINI, Maria Stella. Guiomar Novaes: uma Arrebatadora História de Amor. São Paulo, Editora C.I., 1992.

ORTEGA Y GASSET, José. The Dehumanization of Art, and Other Writings on Art and Culture. New York, Garden City, 1956.

SEVCENKO, Nicolau. Orfeu Extático na Metrópole: São Paulo Sociedade e Cultura nos Frementes Anos 20. São Paulo, Companhia das Letras, 1992.

WISNIK, José Miguel. O Coro dos Contrários: a Música em Torno da Semana de 22. São Paulo, Duas Cidades/Secretaria da Cultura, Ciência e Tecnologia, 1977.

WOLFF, Janet. A Produção Social da Arte. Rio de Janeiro, Zahar, 1982.

ZANINI, Walter (coord.). História Geral da Arte no Brasil. São Paulo, Instituto Moreira Salles/Fundação Djalma Guimarães, 1983.

Downloads

Publicado

2012-08-30

Como Citar

Leite, E. (2012). Música na Semana de 22: tradição e ruptura na cidade de São Paulo. Revista USP, (94), 59-70. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i94p59-70