[1]
L. S. Campos, “Movimentos messiânico-milenaristas: modos de transformação do desespero em esperança”, Rev. USP, nº 108, p. 129-139, mar. 2016.