[1]
J. Eisenberg, “ Patriotismo e gênero na tradição do pensamento político moderno: uma genealogia ”, Rev. USP, nº 59, p. 22-35, nov. 2003.