[1]
G. J. de Paiva, “ Novas religiões japonesas e sua inserção no Brasil: discussões a partir da psicologia ”, Rev. USP, nº 67, p. 208-217, nov. 2005.