[1]
A. B. BUORO, “A CABEÇA FRACA: FAMILIARES DE PRESOS FRENTE AO DILEMA DA PERCEPÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS”, Rev. USP, nº 37, p. 70-81, maio 1998.