[1]
C. Braga, “O teatro carioca atual: a liberdade da encenação”, Rev. USP, nº 14, p. 34-37, ago. 1992.