Anthony Giddens e Niklas Luhmann: o direito como fórmula generalizável

Autores

  • Julia Martins Tiveron Universidade de São Paulo. Faculdade de Direito

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-8235.v114p633-657

Palavras-chave:

Anthony Giddens, Niklas Luhmann, Teoria Social, Institucionalização, Direito

Resumo

A teoria social encontra-se em um momento de revisão, no qual novos conceitos devem ser formulados para trazê-la ao contexto atual. Essa ideia apresenta-se nas construções expostas pelos dois autores que se pretende abordar nesse artigo. Anthony Giddens e Niklas Luhmann pertencem a tradições sociológicas distintas e muitas são as divergências entre seus trabalhos, tal como procura-se aqui demonstrar. Apesar disso, identifica-se a existência de convergências no que se refere a suas preocupações e aos temas dos quais ambos se ocuparam. Nesse sentido, depreende-se que um tratamento conjunto faz-se proveitoso. Assim, destaca-se o exame de cada um acerca do tema da institucionalização, o que leva a considerações propostas no que se refere ao Direito e ao seu papel na sociedade contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-10-26

Como Citar

Tiveron, J. M. (2019). Anthony Giddens e Niklas Luhmann: o direito como fórmula generalizável. Revista Da Faculdade De Direito, Universidade De São Paulo, 114, 633-657. https://doi.org/10.11606/issn.2318-8235.v114p633-657

Edição

Seção

Trabalhos Acadêmicos de Pós-Graduação