A integração das bolsas nacionais e o aumento de competitividade

Autores

  • Carlos Eduardo Vergueiro

Palavras-chave:

Bolsas de Valores, Concorrência interna e externa, Integração.

Resumo

As Bolsas de Valores do Brasil foram protagonistas de um movimento de Integração e racionalização de atividades, cujo resultado proporcionou maiores condições de competitividade, eliminou obstáculos internos para o desenvolvimento das Bolsas de Valores nacionais e agregou maior liquidez aos mercados, a partir da criação de mercados especializados de negociação. Fusões e integrações de Bolsas de Valores representam um movimento em pleno andamento no panorama internacional, o que permite concluir que cada vez mais existirão menos Bolsas de Valores no mundo, sendo que o mercado deve acabar organizado em função de blocos de países. A Integração das Bolsas nacionais constituiu-se no primeiro passo para a formação de um mercado único de negociação na América Latina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2001-01-01

Como Citar

Vergueiro, C. E. (2001). A integração das bolsas nacionais e o aumento de competitividade. Revista Da Faculdade De Direito, Universidade De São Paulo, 96, 671-683. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/rfdusp/article/view/67522

Edição

Seção

Não definido