Institutos e instituições: A instituição da propriedade e as organizações primárias

Autores

  • Pedro Augusto Simões da Conceição

Palavras-chave:

Organizações primárias e secundárias. Empresas. Estado. Propriedade. Institutos e Instituições.

Resumo

O presente artigo constitui ensaio que propõe uma classificação de organizações primárias e secundárias, segundo a distinção entre instituições e institutos, com base no fato de que o Direito é capaz de institutar formalmente instituições sociais de caráter geral, dando-lhes estabilidade e capacidade operacional. A instituição social da propriedade é tomada como cerne para compreendermos por que empresas bem como o estado são as duas formas mais importantes de organizações primátias que derivam outras organizações secundárias mais complexas (hospitais, escolas, clubes e associações, museus, e outros). Para entender essa diferença, lanço mão, ainda, do exemplo da Linguagem enquanto instituição, em comparação ao uso da ‚vírgula’ enquanto instituto, bem como o próprio exemplo da propriedade, enquanto instituição social e sua definição formal, conforme o Direito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-06

Como Citar

Conceição, P. A. S. da. (2014). Institutos e instituições: A instituição da propriedade e as organizações primárias. Revista Da Faculdade De Direito, Universidade De São Paulo, 109, 839-856. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/rfdusp/article/view/89261

Edição

Seção

Trabalhos Acadêmicos de Graduação