[1]
Lima Filho, A.V. de 2001. "Le roy est mort; vive le roy!. ". Revista da Faculdade de Direito, Universidade de São Paulo. 96, (jan. 2001), 723-727.