Ricken, G. (2014) “Eram os juízes mengerianos? A concepção de moeda no debate jurídico”, Revista da Faculdade de Direito, Universidade de São Paulo, 1090, p. 683-699. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rfdusp/article/view/89252 (Acessado: 12abril2021).