[1]
M. de A. Granato, “Quem habita a dignidade humana? A fundamentação kantiana”, Rev. Fac. Direito Univ. São Paulo, vol. 109, p. 623-639, dez. 2014.