Johann Friedrich Herbart: instruir acima de tudo uma forma de educar

Autores

  • Maria Nazaré de Camargo Pacheco Amaral

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0102-25551980000100001

Palavras-chave:

Herbart, Filosofia da educação, Instrução, Educação

Resumo

Neste artigo a autora procura propor um outro modo de encarar a tão conhecida Instrução Educativa de J. F. Herbart. Esta, ao contrário do que a crítica tem julgado, isto é, como uma simples forma de instruir, pode ser interpretada, acima de tudo, como um dentre outras formas igualmente sadias de educar. Afinal, parece estranho que um pedagogo, tão rigorosamente preocupado com a ciência de educar, pudesse reduzi-la, sem qualquer escrúpulo, a uma mera instrução, como pretendem alguns.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1980-12-01

Edição

Seção

Colaborações