Observações preliminares sobre a flora bacteriana das metrites bovinas

Autores

  • Dinoberto Chacon de Freitas Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Microbiologia e Imunologia, São Paulo, SP
  • Luiz Zani Neto Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Microbiologia e Imunologia, São Paulo, SP
  • Paulo M. G. de Lacerda Jr. Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Microbiologia e Imunologia, São Paulo, SP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-5066.v5i1p73-76

Palavras-chave:

O artigo não apresenta palavras-chave.

Resumo

Observações preliminares sobre a flora bacteriana de metrites bovinas foram realixadas pelos autores, em material colhido de 49 casos. Dentre os germes isolados, num total de 54 amostras, 36 pertenciam ao grupo coliforme e os demais assim se distribuíam: estafilococos — 10; estreptococos— 3; Corynebacterium pyogenes — 3; Serratia marcescens — 1 e bacilos difteróides — 1. É focalizada a alta incidência dos germes coliformes. Os autores lembram que os dados que ora apresentam, embora preliminares, revestem-se de grande interesse clínico e que, o conhecimento da flora bacteriana das metrites bovinas, poderá ser um grande auxiliar na orientação terapêutica desses processos, principalmente quando estiver em mira a utilização de antibióticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1953-12-14

Como Citar

Freitas, D. C. de, Zani Neto, L., & Lacerda Jr., P. M. G. de. (1953). Observações preliminares sobre a flora bacteriana das metrites bovinas. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária, Universidade De São Paulo, 5(1), 73-76. https://doi.org/10.11606/issn.2318-5066.v5i1p73-76

Edição

Seção

NÃO DEFINIDA