Influência, da gestação e do puerpério sobre o proteinograma sanguíneo de bovinos da raça holandesa branca e preta

Autores

  • José Luiz D'Angelino Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Patologia e Clínica Médica, São Paulo, SP
  • Leonardo Miranda de Araujo Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Patologia e Clínica Médica, São Paulo, SP
  • Eduardo Harry Birgel Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Patologia e Clínica Médica, São Paulo, SP
  • Carlos Eduardo Reichmann Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Patologia e Clínica Médica, São Paulo, SP
  • Wanderley Pereira de Araujo Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Patologia e Clínica Médica, São Paulo, SP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v12i1p197-204

Palavras-chave:

Bovinos, Gestação, Puerpério, Proteínas, Sangue

Resumo

As variações do quadro proteico sérico de bovinos em gestação foram estudadas em 75 novilhas da raça holandesa branca e preta. No final de gestação observou-se aumento significante dos teores de albumina e da relação albumina/globulinas e decréscimo estatisticamente significante para os valores de proteína total, globulinas e gama globulina. O fibronogênio plasmático apresentou valor evidentemente maior no puerpério recente (até 3.a semana após o parto). Os resultados obtidos para o grupo de novilhas vazias, de animais na fase inicial da gestação, entre 4 e 6 meses de gestação, de novilhas no final de gestação e vacas durante o puerpério, foram respectivamente: Proteína total: 6,16 g%; 6,51g%; 6,20g%; 5,72g% e 5,87g%. Albumina: 1,75g%; 1,65g%; 1,69g%; 2,25g% e 1,85g%. Globulinas: 4,40g%; 4,86g%; 4,54g%; 3,47g% e 4,01g%. Gama globulina: 2,32g%; 2,54% ; 2,29g%; 1,99g% e 2,29g%. Relação albumina/globulinas: 0,41; 0,35; 0,38; 0,64 e 0,49. Fibrogênio: 622,5mg%; 741,6mg%; 665,9mg%; 625,7mg% e 762,3mg%.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1975-12-15

Como Citar

D’Angelino, J. L., Araujo, L. M. de, Birgel, E. H., Reichmann, C. E., & Araujo, W. P. de. (1975). Influência, da gestação e do puerpério sobre o proteinograma sanguíneo de bovinos da raça holandesa branca e preta. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 12(1), 197-204. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v12i1p197-204

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS