Desaleitamento precoce de bezerros. II. Rações iniciais com e sem feno incorporado

Autores

  • Carlos de Sousa Lucci Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Produção Animal, São Paulo, SP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v13i2p327-332

Palavras-chave:

Bezerros, Desaleitamento precoce, Rações iniciais

Resumo

Trinta e seis bezerros machos Holandeses, puros por cruzamento, foram utilizados em um delineamento de blocos ao acaso, sendo os tratamentos dispostos em um arranjo fatorial 2x3, compreendendo feno presente ou ausente na ração inicial, com 3 níveis de proteína digestível: 12%, 15% e 18%. O período experimental abrangeu do 14º ao 91º dia de vida. fazendo-se o desaleitamento aos 56 dias. Os desempenhos dos bezerros em ganhos de peso foram semelhantes nas rações iniciais com e sem feno, independentes do nível prático utilizado. Concluiu-se que dar feno como porção integrante da ração inicial é uma forma de incrementar o consumo total de feno, com prejuízo do consumo deste volumoso fornecido à vontade, em separado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1976-09-15

Como Citar

Lucci, C. de S. (1976). Desaleitamento precoce de bezerros. II. Rações iniciais com e sem feno incorporado. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 13(2), 327-332. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v13i2p327-332

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS