Determinação de valor nutritivo do resíduo de cultura de soja (Glycine Max (L) Merril) variedade Santa Rosa, através de ensaio de digestibilidade (aparente) com bovinos

Autores

  • Lício Velloso Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Produção Animal, São Paulo, SP
  • José Antonio Visintin Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Produção Animal, São Paulo, SP
  • Noé Massoti Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Produção Animal, São Paulo, SP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v14i2p273-277

Palavras-chave:

Resíduo (valor nutritivo), Soja, Alimentos (digestibilidade), Bovinos

Resumo

O resíduo da cultura de soja (Glycine Max (L) Merril) var. Santa Rosa, foi estudado quanto ao seu valor nutritivo, utilizando-se de dois bovinos em gaiolas de digestibilidade. Os nutrientes digestíveis encontrados foram: MSD =57,58%; PD =2,83%; FD =32,32%; ENND = 20,52%; EED = 1,35% e NDT = 57,03%.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1977-09-15

Como Citar

Velloso, L., Visintin, J. A., & Massoti, N. (1977). Determinação de valor nutritivo do resíduo de cultura de soja (Glycine Max (L) Merril) variedade Santa Rosa, através de ensaio de digestibilidade (aparente) com bovinos. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 14(2), 273-277. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v14i2p273-277

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS