Considerações sobre os ramos viscerais da artéria pudenda interna do coelho (Oryctolagus cuniculus)

Autores

  • Antonio Marcos Orsi Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas, Departamento de Morfologia, Botucatu, SP
  • Plínio Pinto e Silva Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas, Departamento de Morfologia, Botucatu, SP
  • Valêncio José de Mattos Campos Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas, Departamento de Morfologia, Botucatu, SP
  • Zenon Silva Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas, Departamento de Morfologia, Botucatu, SP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v13i2p459-463

Palavras-chave:

Artéria pudenda interna, Coelhos

Resumo

Foi realizado estudo anatómico dos ramos viscerais da artéria podenda interna do coelho. Foram utilizados 30 coelhos (16 machos e 14 fêmeas), adultos, anestesiados com éter etílico, injetados com contraste na aorta abdominal (27 com látex corado e 3 com massa radiopaca) e dissecados sob lupa. Os três coelhos injetados com massa radiopaca foram previamente radiografados e posteriormente dissecados para comparações com as outras preparações. Em resultados são descritas a origem e a ramescência da a. pudenda interna, esta última expressada em figuras de porcentagem relativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1976-09-15

Como Citar

Orsi, A. M., Pinto e Silva, P., Campos, V. J. de M., & Silva, Z. (1976). Considerações sobre os ramos viscerais da artéria pudenda interna do coelho (Oryctolagus cuniculus). Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 13(2), 459-463. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v13i2p459-463

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS