Desaleitamento de bezerros holandeses submetidos a dietas diferentes. I. Desempenho produtivo

  • Carlos de Sousa Lucci Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Sergio Takanori Kuboki
  • Mario Issao Aoki
  • Yara Bortoletto
  • José Rubens Blasi Carvalho Rosas
Palavras-chave: Bezerros (desaleitamento), Nutrição (ruminantes)

Resumo

Vinte e quatro bezerros machos Holandeses PC foram submetidos a quatro tratamentos os quais compreendiam, além de leite em quantidades restritas e mistura iniciadora até um máximo de 2,5 kg por bezerro e por dia, os seguintes alimentos: A) sem volumosos; B) feno de alfafa; C) feno de capim de Rhode s e D) silagem de milho. O desaleitamento foi praticado ao fim de 7 semanas de idade, abrangendo o período experimental de 2ª á 12ª semanas de idade dentro de um delineamento em blocos inteiramente casualizados. Os ganhos de peso por bezerro e por dia foram: A) 0,356 kg; B) 0,519kg; C) 0,404 kg e D) 0,584 kg. Os tratamentos B e D apresentaram ganhos significativamente maiores (p ≤0,01) que os demais. Concordando com isso, os bezerros em D ingeriram mais mistura iniciadora (77,6kg) que aqueles no tratamento C (57,4kg); os bezerros em D e B (73,1kg) comeram mais que aqueles em A (52,1kg) - Uma das conclusões é que bezerros revelam um melhor desempenho quando em presença de forragens de alta palatabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1980-06-15
Como Citar
Lucci, C., Kuboki, S., Aoki, M., Bortoletto, Y., & Rosas, J. R. (1980). Desaleitamento de bezerros holandeses submetidos a dietas diferentes. I. Desempenho produtivo. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 17(1/2), 7-9. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v17i1/2p7-9
Seção
ZOOTECNIA