Pesquisa de anticorpos anti-Listeria monocytogenes em soros de bovinos da região de Ribeirão Preto, no Estado de São Paulo, Brasil

  • Raul José Silva Girio Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabal, SP
  • Aramis Augusto Pinto Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabal, SP
  • Julieta Miwa Teruya Instituto Biológico de São Paulo, São Paulo, SP
Palavras-chave: Globulinas, Listeriose (bovinos), Teste de fixação do complemento, Soroaglutinação

Resumo

Exames sorológicos para Listeria monocytogenes foram realizados em 1000 amostras de soros bovinos da região de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo, Brasil, tendo-se utilizado da prova de soro-aglutinação lenta com antígenos somáticos dos sorotipos L1, L2, L3, L4a e L4b. Foram considerados reagentes todos os soros com títulos superiores a 1:20 e como positivos somente os soros com títulos iguais ou superiores a 1:320. Com base nesse critério, 193 (19,3%) soros foram reagentes e 16 (1,6%) soros positivos para os sorotipos L1, L2 e L4b tendo o sorotipo L4b apresentado a maior frequência. Todos os 16 soros positivos e 32 dos 193 soros reagentes à prova de soro-aglutinação foram submetidos à prova de fixação do complemento. Títulos elevados nas provas de fixação do complemento correspondiam a títulos também elevados na prova de soro-aglutinação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1982-09-15
Como Citar
Girio, R. J., Pinto, A. A., & Teruya, J. (1982). Pesquisa de anticorpos anti-Listeria monocytogenes em soros de bovinos da região de Ribeirão Preto, no Estado de São Paulo, Brasil. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 19(2), 125-130. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v19i2p125-130
Seção
MEDICINA VETERINÁRIA PREVENTIVA