Determinação dos volumes plasmático e sanguíneo em equinos sem raça definida mediante emprego de Rihsa (Radioactive lodinated Human Serum Albumin)

  • Masao Iwasaki Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Benedicto Wlademir de Martin Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • José Maria Fernandes Neto Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Centro de Medicina Nuclear, São Paulo, SP
Palavras-chave: Plasma (volume), Sangue (volume), Radioisótopos, Isótopos de Iodo

Resumo

Os volumes plasmáticos e sanguíneos de 18 equinos, 8 machos e 10 fêmeas, clinicamente selecionados como normais, foram determinados com auxílio da RIHSA (Radioactive lodinated Human Serum Albumin). A análise estatística revelou correlação positiva e de alta intensidade, entre os valores dos volumes plasmáticos e sanguíneos e pesos corpóreos, permitindo estabelecera relação de 54,03 ml de plasma e 83,3 ml de sangue para cada quilograma de peso.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1982-09-15
Como Citar
Iwasaki, M., Martin, B., & Fernandes Neto, J. M. (1982). Determinação dos volumes plasmático e sanguíneo em equinos sem raça definida mediante emprego de Rihsa (Radioactive lodinated Human Serum Albumin). Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 19(2), 131-133. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v19i2p131-133
Seção
PATOLOGIA ANIMAL