Estudo de algumas características do sêmen de coelho — Oryctolagus cunicuius (LINAEUS, 1758)

  • Antonio Pacheco Macedo Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Omar Miguel Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Raul Gastão Mucciolo Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Renato Campanarut Barnabe Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
Palavras-chave: Coelhos, Espermatozóides (coelho), Sêmen (coelho) Características espermáticas

Resumo

Foram coletadas, com v.a., 76 amostras de sêmen de 12 coelhos da raça Branco de Nova Zelândia, com intervalo de 30 dias e entre as idades de 6 a 12 meses. A cor em todas as amostras foi branco leitoso. A média dos valores determinados foi a seguinte: volume 0,74 ml (0,3 |—| 1,4); pH 6,7 (6,4 |—|8,0); concentração em espermatozoides/mm3 312.945 (10.400|—|1.007.600); concentração em espermatozóides/ejaculado (x 1O3 ) 235.774 (8320|—|1.410.640); morfologia espermática patológica 20,73% (0,01|—| 132,98%) assim distribuída: cabeças estreitas 0,60%, cabeças estreitas na base 1,80%, cabeças piriformes 1,36%, espermatozóides excêntricos (abaxial) 14,54%, cabeças gigantes, pequenas, redondas ou largas 0,35%, espermatozóides subdesenvolvidos 1,54% e cabeças anormais soltas 0,57%. Foi encontrada uma correlação positiva de baixa intensidade, não significante, quando foram comparadas a concentração em espermatozóides/mm3 e o volume (r = 0,30), o volume e o pH (r = 0,29); uma correlação negativa de baixa intensidade, não significante, entre a patologia espermática e o volume (r = -0,50); uma correlação positiva de alta intensidade e significante entre a concentração em espermatozóides/mm3 e o pH (r = 0,66); uma correlação negativa de alta intensidade e significante entre a patologia espermática e o pH (r =-0,70),a patologia espermática e a concentração em espermatozóides/mm3(r = -0,60) e a patologia espermática e a concentração em espermatozóides/ejaculado (r = -0,60).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1982-09-15
Como Citar
Macedo, A., Miguel, O., Mucciolo, R., & Barnabe, R. (1982). Estudo de algumas características do sêmen de coelho — Oryctolagus cunicuius (LINAEUS, 1758). Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 19(2), 139-151. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v19i2p139-151
Seção
REPRODUÇÃO ANIMAL