Contribuição ao estudo da irrigação do nó sinu-atrial em suínos da raça Landrace

  • João Gilberto Lopes Pereira Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Antonio Fernandes Filho Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Vicente Borelli Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
Palavras-chave: Anatomia (suínos), Coração, Nó sinu-atrial

Resumo

A irrigação do nó sinu-atrial em suínos da raça Landrace, foi examinada em 50 corações (25 machos e 25 fêmeas), de animais adultos, criados e abatidos no Centro Intraunidade de Zootecnia e Indústrias Pecuárias "Fernando Costa" (CIZIP) da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, Pirassununga, São Paulo. Os resultados obtidos permitiram-nos chegar as seguintes conclusões: 1) a região ocupada pelo nó-sinu-atrial acha-se irrigada, mais comumente, por colaterais do ramus circunflexus da artéria coronária dextra (94,0% ± 2,8), ou do ramus circunflexus dexter (2,0% ± 2,0), melhor precisando, pelo ramus proximalis atrii dextri; visto como vaso único (88,0% ± 4,6) ou duplo (8,0% ± 3 ,8 ), sozinho 10 vezes (20,0% ± 5,7) ou associado25 vezes (50,0% ± 7,1) ao ramus intermedius atrii dextri, também identificado como vaso simples (26,0% ± 6,2) ou duplo (24,0% ± 6,0) e 13 vezes (26,0% ± 6,2) ao ramus distalis atrii dextri; 2) com menor freqüência, cabe ao ramus proximalis atrii sinistri nutrira região ocupada pelo nó sinu-atrial, exclusivamente 1 vez (2,0% ± 2,0), ou associado ao ramus distaiis atrii dextri, 1 vez (2,0% ± 2,0); 3) anastomoses arteriais, de que participam os vasos responsáveis pela irrigação arterial do nó sinu-atrial, foram registradas em 18 dos 50 corações (36,0% ± 6,8); 4) não existe diferença estatisticamente significante (nível 5,0%) para as várias modalidades de irrigação do nó sinu-atrial, entre machos e fêmeas; todavia, foram assinaladas quando confrontamos os diferentes tipos de vascularização arterial encontrados nestes animais e nos de raça não definida.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1983-09-15
Como Citar
Pereira, J. G., Fernandes Filho, A., & Borelli, V. (1983). Contribuição ao estudo da irrigação do nó sinu-atrial em suínos da raça Landrace. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 20(2), 111-121. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v20i2p111-121
Seção
CIÊNCIAS BÁSICAS