Estimativa do volume ruminal de bezerros com emprego do polietilenoqlicol

  • Carlos de Sousa Lucci Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Harry Russel Conrad Ohio State University, Columbus, OH
  • Burk Dehority Ohio State University, Columbus, OH
  • Susan C. Peyton Ohio State University, Columbus, OH
  • Sue K. Bielawski Ohio State University, Columbus, OH
  • Jean A. Grubb Ohio State University, Columbus, OH
Palavras-chave: Bezerros, Nutrição (ruminantes), Rúmen, volume

Resumo

Oito bezerros Holandeses tiveram seus volumes ruminais estimados com emprego de polietilinoglicol (PEG) e em seguida, sacrificados para avaliação dessas estimativas. Foi desenvolvida uma técnica de amostragem de material do rúmen via sonda esofagiana. Os dados obtidos mostraram não ser possível estimar com precisão o volume ruminai através desta técnica, devido a baixa correlação apresentada entre volumes ruminais e pesos dos conteúdos após o sacrifício (r = 0,292). As correlações entre: consumo de alimentos x pesos dos conteúdos ruminais; consumo de alimentos x pesos de bezerros; e pesos dos bezerros e conteúdos ruminais, foram significativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1982-09-15
Como Citar
Lucci, C., Conrad, H., Dehority, B., Peyton, S., Bielawski, S., & Grubb, J. (1982). Estimativa do volume ruminal de bezerros com emprego do polietilenoqlicol. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 19(2), 163-166. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v19i2p163-166
Seção
ZOOTECNIA