Efeito da aplicação de giberelina sobre a graminea forrageira Setaria anceps Stapf. Ex . Massey cv. Kazungula

  • Celia Regina Orlandelli Carrer Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Adriana Maria Silveira Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Carolina A. de S. Dantas Muniz Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Jose Carlos Machado Nogueira Filho Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
Palavras-chave: Crescimento (substâncias), Giberelina, Forrageiras, Capim setária

Resumo

O trabalho estudou o comportamento da gramínea forrageira setária ( Setaria anceps Stapf. Ex. Massey cv. Kazungula), quando pulverizada com o regulador de crescimento ácido giberélico. Para tanto, foram utilizados 12 canteiras já estabelecidos da graminea com 25m2 cada um. Os tratamentos consistiram de testemunha (To), 35 ppm de giberelina (T1) e 70 ppm de giberelina (T2), com cortes, a 5 cm do solo, às 3 e 6 semanas após a aplicação do produto. O  delineamento estatístico utilizado foi inteiramente casualizado, em split-plot. Ao término do peróodo experimental, verificou-se que os canteiros pulverizados com giberelina produziram cerca de 60% de matéria seca a mais do que a testemunha. Não foi constatada diferença significativa na produção entre as dosagens de giberelina. Observou-se também que, de maneira geral, nos tratamentos com o regulador de crescimento houve uma diminuição nos teores de proteína bruta quando comparados à testemunha, resultado esperado devido à maior dispersão das lâminas foliares no plano vertica l. Visualmente este efeito foi observado pelo amarelecimento das folhas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1988-09-15
Como Citar
Carrer, C. R., Silveira, A. M., Muniz, C., & Nogueira Filho, J. C. (1988). Efeito da aplicação de giberelina sobre a graminea forrageira Setaria anceps Stapf. Ex . Massey cv. Kazungula. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 25(2), 261-265. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v25i2p261-265
Seção
ZOOTECNIA