Efeitos da Leucaena leucocephala (Lam.) de Wit sobre a concentração de protozoários ciliados no rúmen de ovinos

  • Raul Franzolin Neto Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Maria Helena Tieghi Franzolin Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Licio Velloso Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Cesar Gonçalves de Lima Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
Palavras-chave: Leucaena, Protozoa, Mimosina, Rúmen (microbiologia), Ovinos

Resumo

Foram realizadas contagens totais e de cinco principais gêneros de protozoários ciliados do rúmen: Entodinium spp., Diplodinim spp., Epidinium spp., Dasytricha spp. e Isotricha spp., por mL de líquido ruminal em carneiros submetidos a dois experimentos inteiramente casualizados. No Exp. 1, cinco animais receberam apenas feno de leucena [( Leucaena leucocephala (Lam.) de Wit)] duas vezes ao dia (7:00 e 18:00 horas) e cinco foram alimentados quatro vezes ao dia (7:00; 13:00; 18:00 e 01:00 horas). No Exp. 2, nove destes animais foram sorteados em três tratamentos, com três repetições por tratamento, sendo: a) somente feno de capim de Rhodes (Chloris gayana kunth); b) 30 : 70 % e c) 60 : 40 % de feno de leucena mais feno de Rhodes, respectivamente. O aumento na freqüência de alimentação de duas para quatro vezes ao dia reduziu significativamente o número dos ciliados estudados, exceto para o gênero Epidinium spp., que não foi encontrado em nenhum animal. A substituição parcial do feno de capim de Rhodes pelo feno de leucena nos dois níveis 30 e 80% da M.S. não produziu diferenças significativas nas contagens total e diferencial dos protozoários, exceto para o gênero Dasytricha spp. que mostrou diminuição significativa CP ( 0,05). Houve predominância do gênero Entodinium spp., (cerca de 90,0%) quando os animais receberam exclusivamente feno de leucena. Estes dados permitem levantar a hipótese de uma ação "protozoocida" da mimosina ou DHP de "per si" ou dos seus produtos intermediários do metabolismo, facilitado pela freqüência de alimentação. A diminuição do número de protozoários pode ser uma adaptação dos microrganismos do rúmen, com aumento do número de bactérias degradativas cesses compostos, devido à redução de bactérias engolfadas pelos protozoàrios.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1988-09-15
Como Citar
Franzolin Neto, R., Franzolin, M. H., Velloso, L., & Lima, C. (1988). Efeitos da Leucaena leucocephala (Lam.) de Wit sobre a concentração de protozoários ciliados no rúmen de ovinos. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 25(2), 267-273. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v25i2p267-273
Seção
ZOOTECNIA