A Lógica da Governance – Governação/Governança – nas Políticas Públicas de Turismo

Autores

  • Fábio Lourenço Universidade de Aveiro
  • José Manuel Moreira Universidade de Aveiro

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2237-1095.v4p22-44

Resumo

O termo governance adquiriu, desde os anos 90 do século XX, particular destaque na discussão teórica e na investigação empírica das ciências sociais. O presente artigo visa o esclarecimento do conceito de governance (governação/governança) e, principalmente, perceber as implicações da lógica da governance nas políticas públicas de turismo: enquadrando-a no movimento de reforma do setor público. De seguida, procede-se à identificação do “estado da arte” sobre a governance no turismo – através da análise de um conjunto de artigos selecionados da base de dados Scopus –, para compreender como nesse âmbito se entende o conceito e de que modo a lógica da governance alterou o papel do Estado nas políticas públicas de turismo. Os resultados deste estudo permitem verificar que a distinção entre governação e governança ajuda a melhor compreender os diferentes modos de atuação do Estado, em especial no que concerne às políticas públicas de turismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio Lourenço, Universidade de Aveiro

Mestre em Administração e Gestão Pública (Universidade de Aveiro) e Doutorando em Turismo (Universidade de Aveiro).

José Manuel Moreira, Universidade de Aveiro

Professor Catedrático de Ciências Sociais e Políticas - Universidade de Aveiro e Investigador do CIEP da Universidade Católica Portuguesa

Publicado

2014-06-13

Como Citar

Lourenço, F., & Moreira, J. M. (2014). A Lógica da Governance – Governação/Governança – nas Políticas Públicas de Turismo. Revista Gestão & Políticas Públicas, 4(1), 22-44. https://doi.org/10.11606/issn.2237-1095.v4p22-44

Edição

Seção

Artigos