The impacts of information asymmetry in determining bank spreads

Autores

  • Renato Cesar Ottoni Barbosa Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Emerson Fernandes Marçal Universidade Presbiteriana Mackenzie

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2237-1095.v1p113-130

Resumo

Um grande esforço de pesquisa tem sido feito para avaliar os determinantes dos spreads bancários. Neste estudo utilizam-se os dados da pesquisa do Banco Mundal Doing Business para avaliar em que medida a assimetria informacional influencia o nível de spread bancário. Os resultados encontrados neste trabalho sugerem que os spreads sofrem influencia do nível de assimetria informacional. Nas taxas de baixo risco (prime rates) um grau pequeno de assimetria informacional pode reduzir de 2 a 4% o nível do spread. Conjectura-se que maiores reduções podem ser obtidas para dívidas de maior risco. A metodologia econométrica utilizada consiste em técnicas de painel estático. Para confirmar ou refutar os resultados deste trabalho estudos com amostra maiores devem ser feitas assim que novas informações sobre a pesquisa Doing Business estejam disponibilizadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-12-31

Como Citar

Barbosa, R. C. O., & Marçal, E. F. (2011). The impacts of information asymmetry in determining bank spreads. Revista Gestão & Políticas Públicas, 1(2), 113-130. https://doi.org/10.11606/issn.2237-1095.v1p113-130

Edição

Seção

Artigos