Representações da fome: carestia e racialização na obra Pedaços da fome, de Carolina Maria de Jesus

  • Fernando Cauduro Pureza Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Carestia, Carolina Maria de Jesus, racialização.

Resumo

Neste ensaio, pretende-se problematizar as formas pelas quais a chamada "carestia de vida" era analisada na sociologia e na estatística das décadas de 1950 e 1960, contrastando-as com as representações formuladas por Carolina Maria de Jesus no romance Pedaços da fome. Entendendo a obra a partir de seu contexto de produção, cremos ser possível analisá-la também a partir da elaboração de uma crítica a um pensamento social que apagava as discussões raciais sobre a pobreza. Assim, a protagonista do romance, Maria Clara, seria uma chave de leitura formulada pela própria autora para compreender a fome e a miséria na São Paulo da época.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-04-01
Como Citar
Pureza, F. (2017). Representações da fome: carestia e racialização na obra Pedaços da fome, de Carolina Maria de Jesus. Revista Do Instituto De Estudos Brasileiros, (66), 52-68. https://doi.org/10.11606/issn.2316-901x.v0i66p52-68
Seção
Artigos