Onde andarão Castana, Matilde, Sergio, Domingos, Ariosto...? Os desaparecidos como princípio formal dos romances de Chico Buarque

  • Juliane Vargas Welter Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Palavras-chave: Chico Buarque, romance, forma literária, desaparecidos, literatura brasileira contemporânea

Resumo

Este artigo pretende, aliando forma literária e processo histórico-social, investigar a figura dos desaparecidos nos romances de Chico Buarque. A categoria tem se mostrado como central na feitura romanesca do autor, tendo se repetido nos romances Benjamim (1995), Leite derramado (2009) e O irmão alemão (2014). Assim, partindo dessas narrativas, este trabalho se propõe a examinar o desparecido não apenas como marca de conteúdo, seja ele um desaparecido político ou não, mas como estruturante das obras investigadas e também como marca de uma literatura contemporânea que elabora um passado recalcado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-04-01
Como Citar
Welter, J. (2017). Onde andarão Castana, Matilde, Sergio, Domingos, Ariosto.? Os desaparecidos como princípio formal dos romances de Chico Buarque. Revista Do Instituto De Estudos Brasileiros, (66), 69-85. https://doi.org/10.11606/issn.2316-901x.v0i66p69-85
Seção
Artigos