Poemas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-901X.v1i79p156-163

Palavras-chave:

Dinha (Maria Nilda de Carvalho Mota), poesia, literatura brasileira contemporânea

Resumo

A seção Criação tem por objetivo publicar textos e materiais inéditos de escritores e/ou artistas, fotógrafos, desenhistas, além de documentos inéditos encontrados no Arquivo do IEB/USP. Neste número, são publicados seis poemas de Dinha (Maria Nilda de Carvalho Mota). Dinha é poeta, militante contra o racismo, integrante e cofundadora do selo independente Edições Me Parió Revolução e pós-doutora em Literatura e Sociedade (IEB/USP). É autora dos livros De passagem mas não a passeio (2006), Zero a zero – quinze poemas contra o genocídio da população negra (2015), Maria do Povo/María Pepe Pueblo (2019) e Diário do fim do mundo (2020), dentre outros. Em 2019, foi homenageada como patrona da Academia Estudantil de Letras EMEF Candida Dora Pretini, na cidade de São Paulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Nilda Mota, Universidade de São Paulo

Dinha (Maria Nilda de Carvalho Mota) é poeta, militante contra o racismo, integrante  cofundadora de Edições Me Parió Revolução, pós-doutora em Literatura e Sociedade pelo IEB/USP e autora de, entre outros, Maria do Povo/María Pepe Pueblo (2019) e Diário do fim do mundo (2020). Em 2019 foi homenageada como patrona da Academia Estudantil de Letras da EMEF Candida Dora Pretini (São Paulo).

Referências

SME/SP – Secretaria Municipal de Educação de São Paulo. Academia Estudantil de Letras. s. d. Disponível em: https://educacao.sme.prefeitura.sp.gov.br/ael. Acesso em: 20 maio 2021.

Downloads

Publicado

2021-09-01

Como Citar

Mota, M. N. . (2021). Poemas. Revista Do Instituto De Estudos Brasileiros, 1(79), 156-163. https://doi.org/10.11606/issn.2316-901X.v1i79p156-163

Edição

Seção

Criação