Entre plantas e documentos: algumas considerações sobre a contribuição do acervo do IEB ao Pequeno guia da botânica modernista

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-901X.v1i79p165-178

Palavras-chave:

Botânica modernista, divulgação científica, pesquisa em acervos

Resumo

O artigo apresenta o livro Pequeno guia da botânica modernista, no qual são investigadas 19 das espécies vegetais representadas pelos modernistas de São Paulo. A publicação traz, além de reproduções de obras artísticas e literárias, imagens de documentos históricos pertencentes a diversos arquivos, entre eles o do IEB. Discutiremos as contribuições trazidas por esse acervo, notadamente o do Fundo Mário de Andrade, no qual se encontra um curioso cartão-postal enviado por Oswald a Mário e três fotografias pouco conhecidas tiradas por Mário na viagem à Amazônia em 1927.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Carolina Ribeiro, Universidade de São Paulo

Ana Carolina Carmona Ribeiro é arquiteta e urbanista, doutoranda na área de paisagem e ambiente na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP) e professora no curso de Arquitetura e Urbanismo do Instituto Federal de São Paulo (IFSP).

Referências

ALBERCH FUGUERAS, Ramon. La dimensión democrática de los archivos. In: ALBERCH FUGUERAS, Ramon. Los archivos, entre la memoria histórica y la sociedad del conocimiento. Barcelona: Editorial UOC, 2003, p. 193-202.

AMARAL, Aracy. Tarsila, sua obra e seu tempo. São Paulo: Edusp/Ed. 34, 2003.

ANDRADE, Mário de. (1928). Macunaíma. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2013a.

ANDRADE, Mário de. Poesias completas – Vol. 1. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2013b.

ANDRADE, Mário de. (1930). Táxi: Flor nacional. In: ANDRADE, Mário de. Táxi e crônicas no Diário Nacional. São Paulo: Duas Cidades/Secretaria de Cultura, 1976, p. 183-184.

ANDRADE, Mário de. O turista aprendiz. Brasília: Iphan, 2015.

ANDRADE, Oswald de. (1928). Manifesto antropófago. In: SCHWARTZ, Jorge. Vanguardas latino-americanas: polêmicas, manifestos e textos críticos. São Paulo: Edusp, 2008, p. 172-180.

CENDRARS, Blaise. Feuilles de route. Paris: Au Sans Pareil, 1924.

HOBSBAWM, Eric. A era dos impérios (1875-1914). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1998.

KLINTOWITZ, Jacob. Lasar Segall, um artista contra o caos. In: MILLER, Álvaro et al. Lasar Segall: antologia de textos nacionais sobre a obra e o artista. Rio de Janeiro, Funarte, 1982, p. 102-103.

LOPEZ, Telê Ancona. O turista aprendiz na Amazônia: a invenção no texto e na imagem. Anais do Museu Paulista. São Paulo, v. 13, n. 2, jul.-dez. 2005, p. 135-164.

REFLORA. Herbário Virtual. Disponível em: http://reflora.jbrj.gov.br/reflora/herbarioVirtual. Acesso em: 11 jun. 2021.

RIBEIRO, Ana Carolina Carmona. Pequeno guia da botânica modernista. São Paulo: Ed. da Autora, 2020.

SALZSTEIN, Sonia. A saga moderna de Tarsila. In: AMARAL, Tarsila. Tarsila Anos 20 [catálogo de exposição]. São Paulo: Sesi, 1997, p. 9-17.

TAPUIA. In: Britannica Escola. Web, 2021. Disponível em: https://escola.britannica.com.br/artigo/tapuia/483582. Acesso em: 24 jun. 2021.

Downloads

Publicado

2021-09-01

Como Citar

Ribeiro, A. C. . (2021). Entre plantas e documentos: algumas considerações sobre a contribuição do acervo do IEB ao Pequeno guia da botânica modernista. Revista Do Instituto De Estudos Brasileiros, 1(79), 165-178. https://doi.org/10.11606/issn.2316-901X.v1i79p165-178

Edição

Seção

Documentação